terça-feira, 1 de julho de 2014

Torta de morango com cobertura de farofa crocante - sem lactose


E a temporada de morangos está apenas começando, mas infelizmente temos poucas receitas de tortas que não levem leite. 
Vi essa receita em um site americano e fiquei doida para experimentar (a original está aqui).
A princípio me lembrou a receita de uma cuca, mas sem o leite, ou seja, tudo de bom para nós intolerantes.
O único problema é que ela leva bastante manteiga e açúcar, não é indicada, portanto, para quem tem alergia à proteína do leite, só para quem é intolerante à lactose.
É uma torta de 3 camadas, a de baixo de bolo, a do meio de uma mistura de morangos e a de cima de uma farofa doce e crocante.
Ao final, ela fica com uma consistência mais durinha que uma cuca, dá pra servir cortando em quadrados.
O cheiro dela assando é de matar. 
Ficou deliciosa, só achei que para o meu paladar ficou um pouco doce demais, daquelas que não dá pra comer em grande quantidade de uma vez.


A receita com os meus comentários:

Ingredientes:

Farofa doce crocante:
12 colheres de sopa de manteiga sem sal derretida
1 e 1/2 xícara de açúcar demerara
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1/4 de colher de chá de sal
Obs1: Achei que rendeu demais e nem cheguei a usar tudo, usei apenas 2/3, mas mesmo assim achei que ficou muito, próxima vez farei só a metade da quantidade.

Mistura de morangos:
2 e 1/2 xícaras de morangos picados (cortei em 4 cada um)
2 colheres de sopa de açúcar demerara
1/3 de xícara de farinha de trigo
Obs2: Aqui capricharia mais na quantidade de morangos, arredondaria para 3 xícaras de morangos picados.

Bolo:
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal
1 xícara de manteiga sem sal em temperatura ambiente
2 xícaras de açúcar de confeiteiro
4 ovos
1 colher de chá de essência de baunilha
Obs3: Não cheguei a usar a essência de baunilha, acho que pode ser opcional.

Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno a 180 graus. Unte com manteiga uma forma retangular de aproximadamente 22,5cm X 32,5cm. Forre a forma com papel manteiga, deixando sobrar 5cm nas extremidades. Depois, unte por cima do papel com manteiga e farinha de trigo, sacudindo o excesso de farinha. Isso ajudará a retirar a torta da forma depois.

Obs4: A minha assadeira tinha quase essa dimensão, no comprimento era igual, na largura 1,5cm mais larga e deu certo. Deu uma torta bem grande.

Farofa doce crocante:
Misture a manteiga, o açúcar e o sal. Acrescente a farinha e misture com um garfo para formar grandes migalhas. Se a mistura estiver muito molhada, acrescente mais farinha (isso pode variar de acordo com o teor de água da sua manteiga). Leve a geladeira até ficar pronta pra uso.

Obs5: A minha ficou mais molhada e tive que acrescentar mais farinha para conseguir as migalhas mais grandes e soltas, por isso faria metade da receita, acabou rendendo muito. Na geladeira ficou aproximadamente uma hora antes de usar.

Mistura de morangos:
Misturar os morangos picados, o açúcar e a farinha em uma vasilha e reservar. Os morangos devem ser picados mesmo e não triturados.

Obs6: Como disse antes, aumentaria um pouco a quantidade de morangos picados.

Bolo:
Misture a farinha, o fermento e o sal em uma vasilha, reserve.
Bata a manteiga e o açúcar de confeiteiro na batedeira até formar um creme. Em seguida, vá acrescentando os ovos, um de cada vez. Abaixe a velocidade da batedeira e acrescente a essência de baunilha, caso queira usar.
Em seguida, vá acrescentando a mistura de farinha, fermento e sal que reservou no início.
Espalhe essa massa na forma preparada. Por cima vá espalhando a mistura de morangos. Por fim, cubra com a farofa doce e crocante.

Asse até dourar ou até que um palito inserido no meio saia com migalhas úmidas por 55 a 65 minutos. Cubra com papel alumínio nos últimos 15 a 20 minutos se em cima começar a ficar muito marrom. Deixe esfriar completamente na forma. Usando a saliência do papel tire a torta da forma. Corte em quadrados. Polvilhe com açúcar de confeiteiro se desejar.

Obs7: No meu forno levou 50 minutos para assar. Não precisei usar o papel alumínio por cima, ficou douradinha. A dica do papel manteiga realmente ajuda na hora de tirar da forma. Os quadrados ficam perfeitos e fáceis de cortar sem deformarem. Preferi não polvilhar o açúcar de confeiteiro por cima, pois já achei demais a quantidade de açúcar da receita.











Arcor - Chocolate Amargo 53%



Depois da decepção da alteração de fórmula do chocolate meio amargo da Garoto que postei aqui, fiquei buscando alternativas de chocolate em barra para utilizar nas receitas.
Nas mensagens me indicaram alguns, como o amargo da Arcor e  o dark da Melken.
Não são chocolates muito fáceis de achar, aqui em Brasília achei os dois na Casa do Chocolate que fica no Conic.
Experimentei o da Arcor amargo 53%, a barrinha é de 150g, tamanho ótimo para usar em receitas pequenas. Não leva leite na formulação, mas pode conter traços, então não seria indicado para quem tem alergia à proteína do leite de vaca, só para quem é intolerante.
O dark da Melken experimentei uma barrinha pequena com passas, porque o dark puro só era vendido em barras de 1kg, aí era demais para a minha pessoa. (rs)
Ele também não tem leite na composição, mas também pode conter traços, então também não seria indicado para quem tem alergia à proteína do leite de vaca, só para quem é intolerante.
Fica aqui a dica para retomar as receitas que pedem chocolate em barra.