terça-feira, 4 de junho de 2013

Dicas de restaurantes na Disney para intolerantes à lactose e pequenos

Quando se viaja com intolerantes à lactose e crianças pequenas, a primeira preocupação que surge é a questão da alimentação.  Se a viagem é internacional, a preocupação é ainda maior.  
Pensando nisso, fiz uma pesquisa pré-viagem de restaurantes e seus cardápios nos parques da Disney em Orlando. 
A idéia era não perder tempo nos parques escolhendo lugar pra comer e já ir direto no local certo que atendesse às nossas particularidades.
Nessa pesquisa, comprovei o que já imaginava, a maioria dos cardápios voltados para crianças deixa muito a desejar no quesito saudável. Os itens mais comuns são: hamburguer, batata frita, frango empanado frito, macarrão com queijo, cachorro-quente, o item melhorzinho encontrado era o macarrão com almôndegas e sempre se podia pedir um macarrão com molho de tomate e frango grelhado, mas arroz e verduras são raríssimos.
Até que descobri os restaurantes com sistema de buffet da Disney, eles cobram valor por pessoa e você pode comer a vontade, por conta disso tem um preço superior aos demais. Os valores do café-da-manhã e do jantar são mais caros. Crianças até 3 anos não pagam e crianças acima disso pagam meia.
Optamos por ir no horário de almoço que para nossa família costuma ser a principal refeição do dia, além de ser o horário mais econômico. Decidimos também que esse seria o momento de descanso perfeito entre a programação matutina e a vespertina do parque. 
A dica que dou é fazer reserva com antecedência, você pode escolher o horário, determinar a quantidade de pessoas, a faixa etária delas, se há alguma restrição alimentar no grupo, tudo pela internet no site da Disney. Isso diminui o tempo de espera e facilita muito na correria da programação.
Além de você fazer uma refeição em um ambiente confortável, esse tipo de restaurante tem o diferencial de oferecer a presença de personagens no horário de almoço. Eles vem em cada mesa para tirar fotos e é muito mais tranquilo do que enfrentar filas para isso. As crianças se divertem muito, o que torna esse tipo de  restaurante da Disney o ideal para famílias que viajam com crianças.
Para os intolerantes à lactose ou pessoas que possuem qualquer restrição alimentar, se você fizer a anotação dessa informação na reserva ou avisar na chegada do restaurante, o garçom avisa ao chef que pessoalmente vai até a sua mesa e lhe convida a fazer um tour no buffet para lhe informar o que tem e o que não tem lactose, o que pode e o que não pode comer. Achei isso simplesmente fantástico.
A variedade de alimentos oferecida também é muito boa, verduras, saladas, arroz, macarrão, vários tipos de carnes e acompanhamentos, opções saudáveis e não tão saudáveis, mas que atende a vários gostos. De sobremesa há muitas frutas e nos que fui não haviam sobremesas livres de lactose no buffet, mas o chef falava que ao final do meu almoço eu pedisse, dependendo do restaurante eles forneciam a opção, ou biscoitos tipo cookies ou brownie com sorvete livres de lactose que viriam direto da cozinha. Só o sorvete que não gostei muito, parecia ser de soja e sem gosto de sabor nenhum, mas os cookies e brownies maravilhosos.
Os três restaurantes com o sistema de buffet que fui no complexo Disney e que recomendo são:
Tusker House no Animal Kingdom, Crystal Palace no Magic Kingdom e Hollywood & Vine no Hollywood Studios.
Outra surpresa boa nos parques da Disney foi a facilidade com que encontrei frutas para consumir, banana, maçã, laranja, melão e melancia eram as mais comuns.
Depois da experiência, o que posso compartilhar é que é possível comer bem, saudável e livre de lactose nos parques da Disney.





Nenhum comentário:

Postar um comentário