domingo, 30 de setembro de 2012

Bolo Desconstruído sem lactose




Eu tinha visto umas fotos na internet de bolo desconstruído, a última moda em festas de aniversário e até casamentos. 
O bolo desconstruído nada mais é do que o bolo sem cobertura, com o recheio aparente, mas não só isso, ele é daqueles que dá vontade de comer com os olhos e com a boca.
Pesquisei várias receitas para tentar adaptar uma versão sem lactose. 
Encontrei muitas em que a sugestão da massa era pão-de-ló, porque ela deve ser bem fofinha e a sugestão de recheio de "butter cream" (que é feito à base de manteiga e leite). São usadas também frutas vermelhas. 
Não sou muito fã de pão-de-ló, acho sem graça e também não quis arriscar uma adaptação mal sucedida do "butter cream". 
Não achei as frutas vermelhas e tive que improvisar com morangos (recheio) e uvas sem caroço para ajudar a enfeitar em cima.
No recheio pensei de usar o chantilly vegetal que você já encontra pronto. Falei sobre ele na postagem anterior aqui.
Para a massa resolvi fazer uma que a Graça que me ajuda aqui em casa inventou. 
Quando estávamos procurando a receita ideal de bolo de laranja, ela criou essa receita que eu achei fantástica e ficou perfeita para o bolo desconstruído sem lactose. Essa massa é muito gostosa e cheirosa.

Massa do Bolo Desconstruído (Bolo de Laranja da Graça)

Ingredientes:

300 ml de suco de laranja
4 ovos
2 xícaras de açúcar
1 xícara de óleo
2 xícaras de farinha de trigo 
1 colher de sopa de fermento em pó 
Casca de 1 laranja

Preparo:

Bater primeiramente o suco, os ovos, o açúcar, o óleo e a casca da laranja no liquidificador. Quando estiver bem batido, acrescentar a farinha de trigo e o fermento e continuar batendo até a massa ficar uniforme. Simples assim!!!
Depois levar ao forno em fôrma bem untada e enfarinhada. Essa massa cresce e rende muito, então coloquei a massa em duas fôrmas redondas iguais de 27 cm de diâmetro, metade em cada uma, para que cada bolo ficasse mais baixinho. 
Assim que estiver assado retirar do forno para o bolo não ficar escuro demais, ele deve ficar clarinho.
Quando ambos estavam frios desenformei, a primeira metade recheei com uma boa camada de chantilly vegetal e morangos. Fiz a borda do recheio com as pontinhas dos morangos viradas para fora. 
Preparei os morangos (usei 3 bandejinhas) da seguinte forma,  depois de bem lavados cortei ao meio e coloquei numa vasilha com 2 colheres de sopa de açúcar, dei uma misturada e deixei descansar para perder um pouco da acidez (dica da irmã). 
Depois de rechear, coloquei a outra metade do bolo em cima.
O caldinho que sobrou dos morangos joguei em cima do bolo.
Separei alguns morangos bem bonitos para enfeitar. Depois de enfeitado, peguei o açúcar de confeiteiro e peneirei em cima. Ponto!
A foto fala por si, esse bolo além de bonito ficou incrivelmente gostoso, simplesmente voou aqui de casa. Vale a pena fazer e conferir!!!


3 comentários:

  1. Provei, aprovei! Achei melhor ainda a torta servida fria! Fica a dica!

    ResponderExcluir
  2. Foto de revista!!!!!!!!!!!! Só acreditei que era sua porque eu conheço a toalha da mesa!!! heheheheh
    Outra opção é fazer com glacê real, eu sou fã dele!!! Vende o pó, só misturar com água e bater na batedeira.
    Tá me devendo um pedaço da torta!!!!!!!!!!!!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Eu estava lá nesse dia!!! Adoreiiii o bolo!!!! Vim aqui até pegar essa receita que quero fazer aqui em casa. :)

    ResponderExcluir